Topo da página.

Fale Conosco

Conteúdo Principal.

EM FELIXLÂNDIA, WILSON SOARES DE ABREU VULGO “BATATÁ”, FABRICIO JÚNIOR GUIMARÃES FORAM PRESOS POR TRAFICO DE DROGAS E WESLEY BARBOSA VULGO “BRANCO” FOI PRESO POR ROUBO

Fato aconteceu em Felixlândia à 192 km de BH

Publicado por Sargento Veiga no dia

Na madrugada de domingo (11), na Rua Menino de Deus, Capitão Custódio em Felixlândia, a Polícia Militar prendeu Wesley Barbosa dos Santos vulgo “Branco” de 36 anos, Wilson Soares de Abreu de 28 anos vulgo “Batatá” e Fabrício Júnior Guimarães de 24 anos.

Segundo a vítima A.F.S de 34 anos, foi surpreendido pelo autor, Wesley Barbosa, vulgo “Branco”, que começou a agredi-lo com chutes, roubou seu aparelho celular e evadiu.

A PMMG deslocou à “Boca de Fumo” pertencente a Guilherme Fernando, vulgo ” Lacraia”.

Indivíduos visualizaram a viatura policial e um deles identificado como Fabrício Júnior, ignorou a ordem de parada e evadiu para o interior do quintal deixando o portão aberto.

Em sequência a guarnição policial efetuou a abordagem de Wesley e impediu a fuga de Fabrício júnior.

No interior do quintal da residência, Wesley Barbosa dispensou algo próximo ao seus pés.

Foi realizado a busca pessoal em Wesley Barbosa e localizado:

 No bolso 01 (um) aparelho celular de cor branca, na capa do aparelho celular estava escrito o nome da vítima e o nº do aparelho, o que caracterizou o produto do crime;

03 (três) pedras de uma substância semelhante a crack.

No interior da residência foi localizado Wilson Soares vulgo “Batatá”, que estava próximo ao colchão onde foi localizado e apreendido os seguintes itens:

17 pedras de substância parecida com crack;

12 pinos de substância esbranquiçada semelhante a cocaína;

R$ 254,95 (duzentos e cinquenta e quatro reais e noventa e cinco reais).

Na mesa da cozinha foi apreendido várias embalagens usadas para dolar drogas.

Wesley Barbosa dos Santos foi preso pelos crimes, roubo e ameaça.

Fabrício Júnior Guimarães foi preso pelos crimes, tráfico de drogas e desobediência;

Wilson Soares de Abreu vulgo “Batatá”, foi preso pelo crime de tráfico de drogas.

Todo material relacionado acima foi apreendido, fato formalizado e finalizado na delegacia de polícia.

Escreva um comentário